quarta-feira, 23 de março de 2011

feliz

Hoje fraquejei… confesso que bateu forte a saudade e uma enorme vontade de te dizer “amo-te” mas fiquei presa ao silêncio e engoli as palavras que me sufocavam. É uma luta diária, em que cada dia que passa a dor perde-se e a saudade cresce. Foram sábias as palavras de alguém com muita experiência, “a vida dá muitas voltas e as pessoas podem voltar a cruzar-se no mesmo caminho, as vezes só é preciso crescer!”

6 comentários: